quinta-feira, 14 de maio de 2015

Noite...


(1011)
Quando a noite vem
e com ela o véu
da escuridão
trazendo saudades
dos caminhos longos
por onde se passou
e o sol se esconde
lógico cansado,
para descansar
pois no outro dia
queira ou não queira
ele vai voltar.
Quando a noite vem
tão silenciosa
com seu manto negro
preso às suas costas
se aproximando lenta,
muito lenta
sobre todos nós
há uma sensação
de melancolia
total abandono
falta de alegria.
Nas horas altas
dessas horas, enfim,
quando a noite é densa
e a escuridão
ganha espessura
vem se aproximando
a nossa amargura
pois a luz do sol
não a deixa vir;
só vem a tristeza
quando a nostalgia
começa a cair.
Alina Castelo Branco 
(10/05/1979)

Nenhum comentário:

Postar um comentário