sexta-feira, 21 de julho de 2017

quarta-feira, 26 de agosto de 2015

Noite da Paixão


(951)
Noite tão escura
dói a da paixão
pois a dor de Cristo
fez tremer o chão;
raios acenderam
e rasgaram os céus,
os trovões soaram
e apavoraram
todos os incréus;
e você ó Cristo,
todo dolorido
sangue a correr,
ia se ultimando
mesmo assim chorando,
ia perdoando
também nos amando;
e a humanidade
fraca e cruel
bebe até hoje
a taça do fel.
Noite tão escura
foi a da paixão
nem é bom lembrar...
dói o coração!
Alina Castelo Branco
(10/04/1977)

Tudo Passa


(958)
Tudo passa
nessa vida
não sou eu
que digo isso;
os que vieram
na minha frente
já passaram
já deixaram
de ser gente;
nossa passagem
veloz
o nosso rastro
saudoso
tão pequeno
e misterioso
deixa na alma
daqueles que ficam
uma saudade
infinda, calma
e dolorida
e como não sabemos
quando termina
nosso roteiro
e caminhada
pois essa terra
fértil e amada
vivamos com Cristo
todos os momentos
até mesmo o menor
dos nossos pensamentos.
Alina Castelo Branco 
(28/04/1977)

segunda-feira, 10 de agosto de 2015

Acróstico de Adriana




       Amanhã é outro dia
       Depressa o tempo passa
       Repare bem no passado
       Insiste em vencer a luta
       Amplie seus objetivos
       Não tema nada na vida
       A vida tem seus motivos.

                              Alina Castelo Branco
                                    (03/12/1985)

terça-feira, 28 de julho de 2015

Mãe


(447)
Agradeço a Deus
por ter nascido;
por ter nascido mulher
e ter podido ser mãe.
Ser mãe é algo sublime
é embalar um pequenino
é dar a vida a outro ser.
Ser mãe é abrigar no peito
todo desejo, todo amor,
todo carinho, todo anseio
que tem pelos filhos seus.
Ser mãe é orar
a vida inteira
pedir proteção a Deus
pelo seu lar e seus filhos
é renuncia de viver.
II
Vale a pena ser mãe
ver seus filhos estudando,
trabalhando,
ver seu esforço reconhecido
ver os seus filhos crescidos
ver seus deveres cumprido
ver que foi uma mãe cristã.
Alina Castelo Branco
(31/05/1976)

segunda-feira, 27 de julho de 2015

Segundo Domingo de Maio


(1000)
Hoje é seu dia!
Dia arranjado
premeditado
pois mesmo aqueles
que são tão maus
sempre aparecem
nesse domingo
que foi marcado
para festejar
tão grande dia;
pra você ter
belos presentes
e o carinho
dos filhos seus;
para o comércio
ganhar dinheiro
em cima disso,
de um amor
tão verdadeiro!

Estou aqui para dizer
a quem é mãe:
“Todos os dias do mês,
do ano, que se arrastam
longos, enfadonhos de luta,
de dor, de sacrifício
até os dias
de alegria
e felicidade
que são tão poucos
nessa jornada;
todos os dias
são sempre seus
pois você vive
intensamente,
cada minuto
cada presente.
Dia das mães!
Que ironia!
Pra ganhar flores
pra ganhar beijos,
ganhar carinho
muitos abraços
e muitos presentes.

Todas as mães
do mundo inteiro
deviam ter
de todos os filhos
mais recompensa
mais alegria
mais gratidão
no dia a dia....
Alina Castelo Branco 
(08/05/1979)

Hora Especial


(999)
Existe hora especial
pra Deus no céu
abri os braços
pra receber
todas as mães
que vivem, sofrem
choram, lamentam
o peso eterno
do sofrimento?

Devia haver, sim
festa no céu
com muita luz
muita alegria
pra toda a mãe
que deixa a terra
em qualquer hora
em qualquer dia.
Alina Castelo Branco 
(08/05/1979)