terça-feira, 30 de dezembro de 2014

Ontem


(264)
Ontem não dormi
não tinha sono
estava aflita;
não sei mesmo
o que aconteceu
pra não dormir
e acordada
raciocinar
dar um balanço
e analisar
todo um passado
e o presente
tão complicados
que ferem a gente.

Se a nossa vida
dependesse
de nós, apenas;
fôssemos soltos
sem elo algum;
vivêssemos só
sem ninguém
sem amolação
sem tolhimento;
fôssemos donos
das nossas ações
e não dependêssemos
de nada na vida
de jeito nenhum
era mais fácil
realizarmos
com a liberdade
que em parte temos
todos os desejos
em todos os momentos.

Mas, qual!
Uma coisa
puxa outra
uma pessoa
traz mil pessoas
pois os tais elos
que ligam vidas
no universo
não se soltam
nem mesmo quando
os colocamos
para reinar
dentro dos versos
pois  quanto mais
observamos
todos os elos
só são partidos
quando as sepulturas
são enfeitadas
e a nossa luta
torna-se enorme
e bem maior
por que lutamos
e convivemos
muitas das vezes
com certa gente
que é bem pior!...
Alina Castelo Branco 
(08/12/1976)

Nenhum comentário:

Postar um comentário