domingo, 22 de fevereiro de 2015

Imortalidade


(120)
No mundo intelectual
você conseguir penetrar
no meio de grandes poetas
é como uma estrela pegar.

Lugares ocos, vazios
você nunca vai achar,
para ser substituído,
pois ninguém vai se acabar.

Se pelo menos pudessem
grandes escritores e poetas
descansar, eles soubessem...

O que acontece afinal
é que eles nunca morrem,
o poeta é imortal!...
Alina Castelo Branco
(29/07/1976) 

Nenhum comentário:

Postar um comentário