segunda-feira, 29 de dezembro de 2014

Sem Trevas


(428)
Existe momentos meus
de muita alegria;
de vez em quando
uma luz irradia
surgindo imensa
ninguém sabe de onde
e vai aparecendo
enorme, gigante.

Porque não aproveitar
essa claridade
que vem iluminando
surgindo das trevas
e as trevas acabando
e com felicidade
formando um manto
de luz irradiante?

Clarão majestoso
partindo do nada
clareando uma parte
da minha vida
e da humanidade
porque está certo
e com muita lógica:
se sou beneficiada
por alguma bondade
é que essa luz
que me clareou
foi transmitida
por algum ser
que de mim, lembrou.
Alina Castelo Branco
(05/10/1976)

Nenhum comentário:

Postar um comentário