quinta-feira, 27 de novembro de 2014

Adivinhar


(718)
Se eu pudesse adivinhar
o que iria acontecer
no meu futuro
que aguardava com alegria
pensando até que ele seria
como o passado
belo e puro;

se eu pudesse adivinhar
jamais teria
feito tolice
de me casar
pois pior a imaginar
de uma criatura
irresponsável,
partindo dele,
do meu marido
tudo é provável.
Alina Castelo Branco
(31/07/1976)


Nenhum comentário:

Postar um comentário