segunda-feira, 29 de setembro de 2014

10 Horas

(286)

São 10 horas
que lufa-lufa
desde que o dia
amanheceu;
a noite é pouca
para recobrar
toda energia
que se perdeu;
raia o sol
surge brilhante
clareia tudo,
e assim desponta
e nós, mortais
começamos tudo
tudo de novo
que nos pesa tanto
até demais;
assim é a vida
vai com o sol
quando se põe
e volta cedinho
quando ele surge
trazendo sempre
linda manhã;
são 10 horas
que lufa-lufa
vou parar agora
para escrever
relembrar um pouco
matar as saudades
do tempo de outrora
quando não sabia
o que era sofrer!

Alina Castelo Branco 
(28/12/1976)

Nenhum comentário:

Postar um comentário